segunda-feira, 13 de outubro de 2008

Verdades e Certezas


Os que sonham buscam verdades
Os que estão acordados buscam certezas
De modo que não sei se sonho ou se estou acordada
Mas de vez em quando sei que me perco na madrugada

Sonhando sei que também posso velar as verdades
E brincar com os mitos que faço
Acordada às vezes tenho a certeza
Mas será que a vida é só tristeza?

Depois de tanto pensar descubro
Que é inútil ter alguma certeza
E se a verdade dói, ela é inútil também.

Viver sonhando talvez não seja bom
Mas viver de mentiras é pior
Viver acordada também cansa
Mas buscar a felicidade é melhor

Nenhum comentário: