sexta-feira, 21 de novembro de 2008

Astros do meu céu: O sol, A lua e Você


Choveu aqui essa noite
Nem era a hora de lembrar ou de esquecer de nada
Era hora apenas de fechar os olhos e sentir o cheiro da chuva
Era o momento de ouvir o grito ensurdecedor do silêncio

Com poucos minutos a chuva passou
O sono veio...
E virou sonho
Acabei sonhando com o irreal

O sol nasceu
Eu acordei
O sono teimou em me perseguir
E fui te encontrar

O sol se pôs
Cheguei perto de ti
O sono que eu tinha não foi dormido, mas nem existe mais...
E as mãos se encontraram outra vez

A lua veio azul de tão branca
Com suas bordas coloridas de luz
De tão grande parecia perto
E perto permaneci de você

2 comentários:

Carolina Braga disse...

Liiindo!
=)

karoline disse...

Sabia que você escrevia poemas não!!!! Muito bom!